Ser Gay na China – Como é?

Indo para a China – Como é ser gay na China?

Vocabulário Gay/Lésbico em Chinês

Então, como é ser Gay na China?

Antes de ficar conhecendo a história de Narelle sobre como é ser gay na China, vamos aprender um pouco de vocabulário essencial:

  • Gay – Tóng xìng liàn 同性恋 – literalmente “amor do mesmo sexo”
  • Lésbica – Nǚ tóng xìng liàn女同性恋 – literalmente “amor feminino do mesmo sexo”
  • Queer” (outro termo em inglês para “homossexual”) – Ku’er 酷儿
    • Note que os Gays na China preferem esse termo do que os outros dois anteriores. Na comunidade LGBT na China esse é bem mais utilizado.
  • Sair do armário – Chū guì出柜 – Literalmente sair de um armário

A História da Narelle – Ser Gay na China

Obrigada a nossa antiga colaboradora Narelle por partilhar connosco seu testemunho de como é ser gay na China.

Quando eu cheguei pela primeira vez em Pequim, eu estava um pouco nervosa.

Eu tinha feito uma pesquisa e tudo parecia sugerir que, ainda que as uniões de gays não eram reconhecidas na China, eu não deveria encontrar problemas vivendo como uma mulher gay. Definitivamente não era ilegal e a maioria das pessoas tinham uma atitude “se não é da minha conta, não quero saber”.

Não havia nenhum mar de informação online e não parecia ser uma “cena”, não como eu estava acostumada em Londres e Barcelona.

No entanto, tendo acabado de casar, eu estava confortável com a ideia de menos bares e clubes gay e mais noites aninhada em frente da TV com minha esposa.

Eu também tinha lido que, tendo em conta as expetativas da família, muitos gays da sociedade chinesa escondem sua sexualidade escondida, o que me fez pensar se eu e a minha esposa deviamos também manter a nossa “gayzice” escondida?

O que esperar – Ser gay na China

Sendo gay na China – não é como você possa pensar

Não tem sido como eu esperava.

Houve alguns momentos constrangedores mas não porque as pessoas eram cruéis ou homofóbicas, apenas porque elas não compreendem.

Eu digo para as pessoas que sou casada, eu uso uma aliança então não é algo que eu possa esconder, nem eu queria isso.

Quando eu cheguei à China pela primeira vez para estudar mandarim em Pequim, minha professora muitas vezes me perguntava sobre “ni de airen”.

Claro que ela assumiu que eu era casada com um homem, mas ela não conseguia assumir isso a partir de “airen”, que se traduz para “cônjugue”. Não teve qualquer problema, até que uma vez, em frente à minha turma, ela perguntou “ni de zhangfu gongzuo zai nar?”.

Na altura não a corrigi, apenas respondi “Wo de airen shi laoshi”, mas as perguntas “zhangfu” continuaram.

Em pouco tempo, meus colegas aperceberam-se da minha situação e a palavra se espalhou de que eu era gay e casada com uma mulher.

Choque Cultural na China Parte 1 Thumbnail

Choque Cultural na China Parte 1

Choque Cultural na China Parte 1: Entenda os Chineses com nosso Top 10 diferenças culturais Choque Cultural na China: O choque cultural pode acontecer com qualquer pessoa, a qualquer momento, e ele afeta pessoas de diferentes maneiras. Mas na China,…

Uma semana ou duas depois, a professora veio falar comigo e pedir desculpa, ela pensou que eu era casada com um homem. Ela genuinamente não sabia que mulheres podiam se casar e tinha muitas perguntas.

Ela não estava cheia de ódio, apenas fascinada. Essa tem sido a receção mais comum.

O facto de eu ser gay tem sido ou ignorado com um simples “e então” ou recebido com fascínio. Eu tive duas ayi’s (tias chinesas que tomam conta de sua casa) durante minha estadia aqui e a última eu fiquei muito próxima.

Eu posso ser bem afetiva com minha esposa quando ela está por perto.

Estou apenas falando de coisas normais, como um beijo antes de ela sair para o trabalho, mas minha ayi não reage e eu me sinto completamente à vontade, o que é muito bom.

Começar uma família na China

O verdadeiro desafio para o entendimento e aceitação vieram quando eu e minha esposa decidimos começar uma família.

Nós estávamos acostumadas a andar de mãos dadas na China.

Ninguém se importava. Na verdade, muitos amigos e amigas hetero andam de mãos dadas e muitos homens hetero chineses são muito cavalheiros e andam com bolsas brilhantes.

Também vi muitos casais gays, tanto masculinos como femininos, mas não tinha ainda visto casais gays com crianças, ou uma “família arco-íris” como nós chamamos.

Minha esposa ficou grávida primeiro, e se as pessoas ficavam chocadas quando descobriam, não o demonstravam. Eu esperava algumas questões incômodas, como “como é possível?” ou “onde está o pai do bebê?” mas ninguém as colocou.

Namoro na China 💔 O bom, o ruim e o feio Thumbnail

Namoro na China 💔 O bom, o ruim e o feio

Relacionamentos na China (Melhores Dicas & Melhores Aplicativos) 💕 O que Fazer e NÃO Fazer Namorar em qualquer parte do mundo que não seu país de origem, é uma forma certa de encontrar algumas diferenças culturais e mesmo viver um…

Isso pode ser porque a maioria dos chineses com quem eu trabalho têm alguma influência ocidental ou por causa da cultura chinesa em que não querem perder a compostura ou me causar nenhum embaraço.

Nós também fomos a um médico internacional, então também aí não houve problema. Meu filho mais velho Ezra nasceu no Reino Unido onde eu e minha esposa ficámos vivendo alguns meses antes de vir na China.

Decidimos começar a tentar ter um segundo bebê logo de seguida, sabendo que pode levar bastante tempo para ficar grávida por inseminação. Pelos vistos eu sou bastante fértil e nosso segundo filho Byron nasceu em Pequim apenas 11 meses depois do Ezra.

Dificuldades começam surgindo

O bebê McGregor em Pequim

Foi aí que a vida começou ficando ligeiramente mais difícil. Não é que ninguém tivesse algum problema com nossos filhos ou ficasse enojado com a gente por escolhermos ter uma família, todo o mundo foi maravilhoso.

O problema foi com a burocracia. Na China, as pessoas perguntaram “quem é a mãe?” e não parecia aceitável responder “somos as duas”, especialmente quando havia policiais, oficiais ou médicos chineses envolvidos.

Em primeiro lugar, minha esposa não conseguiu ficar no certificado de nascimento.

Isso foi uma amargura difícil de aceitar. Ambas estamos no certificado de nascimento de nosso filho mais velho, que nasceu no Reino Unido.

A equipa de médicos chineses que tivemos no hospital também estavam mais confusos com a situação do que os médicos ocidentais que nos acompanharam na clínica internacional, mas nós compreendemos isso, era uma coisa cultural.

A inconveniência real veio quando pedimos o visto para o Byron. Já tinha sido difícil o suficiente conseguir o visto do Ezra no Reino Unido, mas foi bem mais difícil na China.

Para poder sair da china e voltar ao Reino Unido, o Byron iria precisar de um visto. No entanto, para conseguir o visto ele precisava de autorização dos dois progenitores e eles não viam minha esposa como progenitora.

Eles não entendiam porque não havia um pai identificado no certificado de nascimento e me diziam “todo o mundo tem um pai”.

Explicar o que é um banco de esperma para a polícia chinesa era extremamente desconfortável e dizerem que sem autorização do pai o Byron não podia receber um visto e, por isso, não podia sair do país, me deixou em lágrimas.

Adams – Um bar gay em Sanlitun, Pequim

Eventualmente, eles decidiram que cartas da clínica de fertilidade que usámos na Dinamarca e do banco de esperma dos Estados Unidos eram suficientes e lá nos deram o visto!

Foi um processo duro e trabalhoso, mas a situação acabou por se resolver e foi de longe o mais complicado que tivemos de enfrentar devido à nossa sexualidade.

A China é cheia de altos e baixos, de situações difíceis e experiências incríveis.

Não importa que complicações surjam, tudo acaba por se resolver e não há razão grande o suficiente para não vir e ver o que essa cultura fantástica tem para oferecer.

Ser gay na China não é nada de mais se você é um estrangeiro.

As maiores dificuldades são sem dúvida burocráticas, então se você está planeando se casar com seu parceiro ou ter um filho sendo um casal gay na China, pode ter bastante trabalho.

E sim, enquanto uma pessoa chinesa, você pode enfrentar algumas restrições com base nas expetativas de sua família, mas pelo que eu percebi, até mesmo isso está melhorando.

Sua sexualidade não define você na China, em certas situações até define menos do que em países ocidentais.

Há cada vez mais espaços gay aqui com bares como o Adams a aparecer em áreas especialmente populares entre estrangeiros.

Há também um Grupo LGBT em Pequim que tem tanto membros estrangeiros como chineses e Xangai até tem uma parada gay todos os anos.

Há uma grande comunidade gay um pouco “secreta” em Pequim, em especial para homens, mas também alguns bares noturnos gay e você vai ver casais gays andando de mãos dadas pelas ruas.

Nunca me senti insegura sendo uma mulher gay na China e nem do Reino Unido eu posso dizer o mesmo.

Narelle e seus dois filhos

Se você está procurando uma cidade com uma grande vida noturna gay, então talvez Pequim não seja para você. Se espera vir para Pequim ver sítios magníficos ou estudar chinês, mas está preocupado por ser gay, não se preocupe.

Meu nome é Narrelle McGregor e eu trabalhei na LTL. Sou uma lésbica casa e feliz do Reino Unido, abençoada com dois filhos lindos.

Gosto de cozinhar, ver futebol (GRANDE fã do West Ham United), ler e, claro, partilhar minhas experiências na China.

Ser gay na China – Questões Frequentes

Como se diz “gay” em chinês?

Gay em chinês é Tóng xìng liàn 同性恋 que é literalmente “amor do mesmo sexo”

Como se diz “lésbica” em chinês?

Lésbica em chinês é Nǚ tóng xìng liàn女同性恋 literalmente “amor feminino do mesmo sexo”

Como se diz “sair do armário” em chinês?

Sair do armário em chinês é Chū guì出柜 que é literalmente sair de um armário, como em português!

Quer mais da LTL?

Se você quer ler mais histórias da Escola de Mandarim LTL e saber mais sobre a China junte-se à nossa lista de mailing. Nós sempre enviamos informações e dicas sobre aprender chinês, apps úteis na China e tudo mais que está acontecendo nas nossas escolas. Assine abaixo e faça parte da nossa comunidade!

.
Faça-nos uma pergunta!
  • LTL Avatar Alexander Krasnov
    Alexander Krasnov , Student Advisor

    Bem-vindo à LTL Mandarin School!

    Como posso ajudá-lo?